No more tears

Em O Amor Não Tira Férias, Graham Simpkins (Jude Law) chora por tudo, enquanto Amanda Woods (Cameron Diaz) não derrama uma lágrima há anos. Eu, infelizmente, faço parte do grupo do Graham. Quer dizer, eu não chego a chorar por tudo, mas casamentos, filmes e livros quase sempre são sinônimo de lágrimas para mim. E eu não ligo, sabe? Acho que chorar em ocasiões como essas até lava a alma e faz bem.

A durona e o chorão

Mas, quando eu fico com raiva, a coisa muda de figura. Esse sentimento sempre me traz vontade de chorar, mesmo que, no fundo, eu queira mesmo é soltar vários palavrões cabeludos. Eu mentalizo que a situação é “no big deal” e, às vezes, até funciona. No entanto, na maioria dos casos, apenas adia o inevitável: a garganta fecha, o nariz arde, gotas gordas brotam nos olhos e a voz (se ainda houver) treme, até irromper numa frase chorosa qualquer, pelo menos dois tons acima da média.

E aí, já era. Quanto mais as pessoas perguntam o que aconteceu, pior fica a situação, até o choro se tornar algo incontrolável, com direito a soluços e lágrimas que rolam sem você precisar piscar. E o pior: você nem quer chorar de verdade, mas é simplesmente inevitável. Então, quando termino a sessão lacrimosa, dou uma risada – que também não é exatamente o que eu quero fazer. Mas, né, que alternativa eu tenho? Só sei que, quando os shampoos No More Tears da Johnson&Johnson realmente forem anti-lágrimas, eu vou usá-los mais do que apenas para tirar o resto do rímel.

Advertisements

7 Comments

Filed under Comportamento

7 responses to “No more tears

  1. Eu sempre fui durona para chorar, portanto somente quando o assunto me toca mesmo é que me derramo em lágrimas, só que não choro muito e logo passa, assim depois nem parece que chorei. Mas tem vezes que estou mais emotiva aí é mais fácil eu me emocionar, porém isso é raridade.
    Vou te dizer algo que me faz cair no choro, assistir algo sobre animais, principalmente se estão maltratados, isso acaba comigo.Rs. Chorar de raiva é difícil porque como sou explosiva acabo colocando tudo pra fora mesmo (só acontece quando não posso) e fico mesmo com vontade é de brigar.
    Beijos.
    <a htef="http://booksedesenhos.blogspot.com"Books e Desenhos

    • eu também sou explosiva e acho que choro quando estou com raiva justamente na tentativa de não explodir. sei lá, acho que, às vezes, é melhor passar a imagem de “frágil” do que estourar e dizer coisas que a gente não quer. pelo menos, na minha experiência… haha

  2. IUAhiuahIUA Me matei de rir desse final! Fala sério, és canceriana? Eu sou, e sou exatamente desse jeito que você descreveu. Só que sou mais orgulhosa, acho que poucas pessoas me viram chorar por motivos sinceros (eu também não me importo de chorar com os filmes, no caso… irônico, não?). Visto a carapaça do carangueijo e vou em frente, mas algumas vezes não tem como segurar. E odeio quando acontece esse negócio de a voz fraquejar ;\

    Beijinhos

  3. Ah, eu também choro de raiva. E na TPM kkkkk’ Mas em geral eu não sou muito chorona, mas depois que eu começo não tem quem me pare haha.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

  4. Pri

    Que post poético, ahahah!
    Teve uma época na minha vida que eu não chorava por nada, queria bancar a insensível. Aí teve outra que eu chorava toda hora. E agora…eu continuo chorando. Bem menos do que antes, e na maior parte das vezes sozinha, mas…assim, de raiva é difícil eu chorar, eu fico mais em choque e meu humor se transforma na hora. Difícil explicar, mas…com raiva eu tenho vontade de ficar quieta e curtir os sentimentos malignos que alimento na hora, haha! Depois eu só fico triste. Geralmente é assim :D

    (e “O Amor não Tira Férias” é liinnnnnnndooooooo)

    Beijoca, Ná!

    (sim, leia “Admirável”, haha, eu não sei MESMO se continuo lendo a série de Feios…preciso pensar muito sobre isso!)

  5. Ah, que bacana o post :D
    Quando era um pouco mais nova, sempre fui o tipo durona, era realmente difícil eu chorar. Porém quanto mais velha fico, mas sensível fico também, choro por absolutamente TUDO e não estou exagerando, sei lá porque faço isso, mas não consigo controlar a minha vontade ‘Haha.

    Beijos&beijos
    Book is life

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s