Lonely Hearts Club

Além de ter o nome de uma das músicas dos Beatles e ser fã dos 4 garotos de Liverpool, Penny Lane é apaixonada por seu melhor amigo, Nate, desde a infância. Quando finalmente o conquista, ela descobre que, na verdade, Nate é um cafajeste. Cansada de sofrer por causa dos meninos, Penny decide que não vai mais namorar até o terminar o colégio e funda o Lonely Hearts Club – em homenagem a Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band, um dos maiores clássicos dos Beatles. A princípio, ela é a única integrante do grupo, no entanto, logo o clube cresce e toma proporções inesperadas. Mas será que Penny e as amigas estão realmente preparadas para abrir mão dos garotos até a faculdade?

Eu me interessei pelo livro porque gosto muito de Beatles, mas acabei surpreendida pela história. A trama parece boba e, de fato, não é das mais densas. Mas é original, sensível e de leitura leve – vide o tempo que levei para terminar (2 dias), haha! No entanto, acredito que o ponto alto de Lonely Hearts Club seja a facilidade que a leitora encontra em se identificar com a protagonista. Penny tem um senso de humor sarcástico e perspicaz, sofre com a presença desagradável das meninas populares da escola e, claro, se apaixona pelas pessoas erradas nas horas erradas. Ou seja, ela é uma garota da vida real que, assim como tantas de nós, já sofreu por amores não correspondidos. Mas, apesar do gancho de Lonely Hearts Club ser o caso de amor mal-sucedido de Penny, o livro é muito mais uma história sobre ser fiel às amizades verdadeiras e, principalmente, a si mesma.

Outra lição passada pelo livro é que o radicalismo deve ser a última das últimas opções. Para tudo existem prós e contras, por isso, antes de tomar qualquer decisão devemos ponderar cada detalhe – e é aí que, geralmente, descobrimos que não vale a pena ser extremista. Gostei muito da riqueza de detalhes com que Elizabeth Eulberg descreveu as personagens e as cenas vividas por elas. Por fim, só não dei 5 estrelas porque a história realmente não é muito densa, o que não é ruim, afinal o livro é um young adult!

Título original: Lonely Hearts Club
Autora: Elizabeth Eulberg
Ano: 2010
Páginas: 238
Tempo de leitura: 2 dias
Avaliação: 4,5 estrelas

Mais livros aqui!

Advertisements

10 Comments

Filed under Livros

10 responses to “Lonely Hearts Club

  1. Já ouvi falar bastante desse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler. Estou inscrita em um livro viajante, mas tá demoraando ;~

    Acho que mesmo sendo uma história menos densa, às vezes precisamos de uma leitura leve, menos intensa, e Lonely Hearts Club parece ser ideal para isso.

    Beijos

  2. Li esse livro no começo das férias de julho e adorei. É bem levinho e muito alto astral. Achei divertido mesmo, é o tipo de livro pra ler para se distrair numa rede a toa.

    gostei da resenha ^^
    beijos

  3. Indiquei três memes para você responder!
    Se puder (e quiser) o link é este: http://migre.me/5EsAS

    Beijinhos, :*
    http://www.primeiro-livro.com

  4. Oi Ná!!!!

    Eu acho que é exatamente esse tipo de leitura que estou precisando, viu?! Algo pra rir e se apaixonar e ponto. Nada além disso…
    Tds as críticas que li desse livro foram positivas, e eu já estava interessada em lê-lo mesmo antes de ver qq coisa a respeito. Vc me empresta, please??? Junto com Anna e o beijo francês???

    Beijos!!!

  5. Bah menina adorei, quero ler esse livro parece ser super fofo!!

    Bjs

  6. Eu já li Lonely Hearts Club
    E foi uma leitura tão leve e gostosa
    Sempre recomendo, pois os personagens são apaixonantes
    Beijos

  7. Pingback: Livros lidos: agosto | Sweet Talk

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s