Série: Becky Bloom

Quem gosta de chick lit ou de filmes de menina com certeza já ouviu falar em Rebecca Bloomwood – ou simplesmente Becky Bloom – e, provavelmente, já se identificou com ela em algum momento. Se esse é o seu caso, join us!

Quem é Becky Bloom?

Becky é uma inglesa viciada em compras que, por ironia do destino, também é jornalista financeira – e odeia seu trabalho. Obviamente, ela não segue seus próprios conselhos e, por isso, acaba cheia de dívidas, entre outras encrencas. Apesar desse grande defeito, Becky é uma mulher divertida, doce e espontânea. Por isso, mesmo que seus problemas sejam causados por ela mesma e por motivos nada plausíveis, é praticamente impossível não torcer para que suas histórias tenham um final feliz.

Os livros

Comecei a ler a série, assinada por Sophie Kinsella, há 5 anos e, desde então, nunca mais abandonei. Embora o foco da história seja o consumismo e a falta de limites de Becky Bloom, os livros abordam outras questões além das compras. Isso significa que, mesmo que você tenha total controle do seu cartão de crédito, é bem capaz que você se identifique com Becky. Afinal, a protagonista não é uma heroína, ela é uma mulher como qualquer outra: tem o seu lado inocente e sonhador por trás da compradora implacável e, acima de tudo, tem dificuldades para superar os seus problemas – como, por exemplo, o vício em compras. Becky encara os obstáculos com senso de humor, mas também tem seus escorregões emocionais, além de uma imaginação hiperativa. A série conta com 6 volumes, sobre os quais falo brevemente a seguir:

Os delírios de consumo de Becky Bloom

Em Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, nós conhecemos a mulher que, provavelmente, irá se tornar nossa consumista mais querida. É aí que as shopaholics da vida real se identificam com Becky e transformam os livros de Sophie Kinsella em verdadeiras bíblias. O 1º volume da série é mais ou menos como uma grande introdução, que contextualiza a vida de Becky: a inglesa é jornalista financeira, odeia seu trabalho e é viciada em compras. É também nesse livro que ela conhece Luke Brandon, o bonitão que será o alvo de seu amor.

Título original: Confessions of a Shopaholic
Série: Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Ano: 2000
Páginas: 432
Avaliação: 4 estrelas

Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª Avenida

No segundo livro, a vida de Becky parece ser quase perfeita: a jornalista virou consultora financeira em uma programa de televisão, está namorando Luke Brandon e parece ter controlado o seu vício em compras. A grande novidade é que Luke está de mudança para Nova York e convidou Becky para ir com ele. Mas, se ela já fazia a festa nas lojas de Londres, imagina o que não vai aprontar quando chegar à Manhattan?

Título original: Shopaholic Takes Manhattan
Série: Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Ano: 2001
Páginas: 459
Avaliação: 4 estrelas

As Listas de Casamento de Becky Bloom

Agora, Becky é consultora de compras e acaba de ser pedida em casamento. Mas, o que parece ser pura alegria se transforma em mais confusão – é claro, estamos falando de Becky Bloom! Além de toda a dor de cabeça que, querendo ou não, um casamento traz (ainda mais se levarmos em conta o descontrole da protagonista quando o assunto é dinheiro), Becky precisa escolher onde realizará seu casamento: sua mãe quer que seja uma cerimônia simples na Inglaterra, enquanto a sogra insiste em dar uma festona em Nova York. Com isso,  Becky acaba marcando duas cerimônias no mesmo dia e horário, mas em países diferentes e precisa descobrir como fazer para contornar a situação. Na minha opinião, As Listas de Casamento de Becky Bloom é um divisor de águas na série. A partir daí, os livros passam a explorar melhor as protagonista, abordam questões mais abrangentes e são surpreendentes do começo ao fim.

Título original: Shopaholic Ties the Knot
Série: Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Ano: 2001
Páginas: 444
Avaliação: 5 estrelas

A Irmã de Becky Bloom

Em A Irmã de Becky Bloom, a protagonista, claro, continua tendo problemas em controlar o seu cartão de crédito. O casamento, porém, vai de vento em popa, e a felicidade de Becky vai às alturas quando ela descobre que Jess, a irmã bastarda que ela acaba de descobrir, está vindo visitá-la. No entanto, a alegria de Becky chega ao fim quando ela descobre que Jess simplesmente odeia fazer compras. E esse é apenas o começo da guerra. A Irmã de Becky Bloom mostra um lado mais inseguro de Becky e e acredito que seja um dos livros mais “pesados” da série, pois envolve família e alguns sentimentos reprimidos.

 Título original: Shopaholic and Sister
Série: Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Ano: 2004
Páginas: 475
Avaliação: 5 estrelas

O Chá de Bebê de Becky Bloom

Apesar dos escorregões de Becky, o casamento com Luke está indo bem e eles estão até procurando uma nova casa, mais espaçosa. Para completar a boa fase, ela está grávida! Becky está se divertindo fazendo compras por dois, planejando a maternidade e se consultando com a obstetra queridinha de Hollywood. Até que ela descobre que a médica das famosas é também a ex-namorada de Luke. E é aí que Becky percebe que estar grávida não é tão perfeito assim, ainda mais quando se tem a impressão de estar sendo traída pelo marido.

Título original: Shopaholic and Baby
Série: Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Ano: 2007
Páginas: 512
Avaliação: 5 estrelas

O filme

A versão cinematográfica das histórias de Becky Bloom chegou ao cinema em 2009 e ganhou o mesmo título do primeiro livro. O roteiro do filme, no entanto, mistura um pouco de Os Delírios de Consumo de Becky Bloom com Becky Bloom – Os Delírios de Consumo na 5ª Avenida. A história sofreu várias mudanças, o que geralmente não agrada aos fãs dos livros. Mas, na minha opinião, apesar de ter sofrido adaptações, o filme é bem fiel à Becky Bloom (tirando o fato de que ela não é inglesa no longa), retratando a personagem com perfeição, e acho que isso é um ponto mais do que positivo.

Título original: Confessions of a Shopaholic
Diretor: P. J. hogan
Ano: 2009
Minutos: 105
Elenco: Isla Fisher e Hugh Dancy
Avaliação: 4 estrelas (só porque eles mudaram bastante coisa)

Quem quiser ler mais sobre o filme, clica aqui

****************************

Quem já leu Becky Bloom? Qual o preferido de vocês?

Nota de rodapé: lerei em breve o 6º volume da série, Mini Shopaholic, e aí volto para contar o que achei para vocês!

Mais livros aqui!

Advertisements

5 Comments

Filed under Filmes

5 responses to “Série: Becky Bloom

  1. Karina

    Oi Ná!!!

    Bom, eu aaaaammmmmmooooo a Becky e super me identifico com ela, inclusive no descontrole, mas abafa…. rsrsrsrs
    Nao sei qual deles gto mais… Acho q o 5ª avenida!!!
    Uma observação sobre a irmã dela: ela nao eh a irmã q há mto tempo ela não vê, ela é a irmã bastarda de Becky e só agora ficou sabendo da existencia dela!

    Sobre o filme, o odeio como adaptacao da Becky, mas adoro como comrdia romantica!!!

    Beijos!!!

  2. Bom, eu como boa errada que sou, só li Shopaholic and Sister. Mesmo assim, entendi a história super fácil, e ri horrores!

    Beijos

  3. Nossa, eu não sabia que tinha esse tantooooo de livro, pra mim eram só dois. Nunca li os livros mas já vi o filme, gostei, mas esperava mais, o livro deve ser bem melhor ^^

    beijos

  4. Pingback: Box: casamentos | Sweet Talk

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s